Auto estima

Nome: Maria Silvia Lemos e Thaís Favoretto
E-mail: thaisfavoretto@gmail.com
Localização: São Paulo – SP

Qual foi o seu desafio (ou do seu grupo)?
Surgiram dois desafios diferentes, um por grupo:
“Como podemos incentivar o hábito da leitura entre jovens da periferia?”
“Como podemos nos planejar para realizar as tarefas do dia a dia com satisfação?”

Como a equipe foi organizada (quem participou do processo)?
Contamos com sete participantes, cinco do coletivo cultural Arte Maloqueira (https://www.facebook.com/Arte-Maloqueira-417846471742930/) e mais dois interessados na abordagem.

Usou o material Design Thinking para Educadores? O que achou?
Usamos como base tanto o livro quanto o caderno de atividades. Avaliamos que trazem detalhamento e passo a passo de forma didática, dando autonomia àqueles que se propõe a facilitar um processo de DT. Trabalham o tema com profundidade, revelando os porquês das atividades e ferramentas propostas.
O material é muito adequado, de fato, à aplicação de DT na Educação, por se apresentar em formato de plano de aula. Entretanto, seu conteúdo transcende o uso exclusivo no campo da Educação, sendo aplicável em outros contextos.

Quais foram os resultados ou os aprendizados?
A participação ativa dos integrantes nas diferentes fases e a utilização adequada das ferramentas do DT permitiu gerar insights, ideias de qualidade e protótipos inovadores. Além desses resultados diretos, também pudemos observar outros, como: a quebra do alguns preconceito em relação ao trabalho em grupo e colaborativo; possibilitar o acesso de certos integrantes a atividades que não faziam parte do seu repertório (a fala de um deles: “eu, por exemplo, nunca tinha feito uma entrevista na vida”); e contribuir para a elevação da autoestima do grupo por meio da escuta ativa e afirmação de que todos somos criativos (via whatsapp: “Valeu pelas ideias de hj ampliou mais meu campo de visão e minha auto estima obg”).
Ao facilitar o processo em dupla, vivenciamos a beleza desse compartilhamento. Além disso, pudemos perceber a riqueza do DT ao conectar todos os envolvidos na abordagem

Veja também