Peru, Bolívia e Cuba participam de workshop de educação aberta

A convite do consórcio de universidades flamengas VLUIR-UOS, a diretora-executiva do Educadigital participou como “expert” da América Latina do workshop sobre desenvolvimento de políticas de educação aberta, em Lima

Representantes de universidades de três países da América Latina, Cuba, Bolívia e Peru estiveram reunidos em Lima em um workshop promovido pelo consórcio de universidades flamengas que promove parcerias para apoio financeiro e formação de políticas que respondam aos desafios da sociedade contemporânea. 
Dentre os desafios está a ciência aberta, a educação aberta e o uso de software livre, temas bastante abordados por Priscila Gonsales, diretora-executiva do Educadigital durante o evento. As universidades cubanas presentes ainda tiveram a oportunidade de jogar o Jogo da Política de Educação Aberta para diagnosticar quais são as principais questões que precisam ser enfrentadas e quais as estratégias a serem traçadas. 
Participou também como convidada do evento Silvia Rodrigues, coordenadora de educação a distância da CAPES que apresentou aos participantes toda a história da Universidade Aberta do Brasil e o processo de implementação de política de educação aberta que vem sendo construído desde 2015 com o apoio da Iniciativa Educação Aberta. 

Veja também