Taxonomia em código aberto destaca soluções on-line para competências e habilidades

Consultoria internacional mapeia plataformas e aplicativos que favorecem a aprendizagem de competências e habilidades

Com o objetivo de conectar o mundo com a tecnologia e impulsionar o crescimento e a inovação na educação, a empresa HolonIQ, de inteligência de mercado educacional, lançou a plataforma “Global Learning Landscape”, que traz um mapeamento de soluções, plataformas e aplicativos on-line que oferecem diversos tipos de aprendizado. A taxonomia utilizada está disponívem em Creative Commons Atribuição.

A plataforma mostra categorias e habilidades de inovação na educação. Dentre elas, destaca-se a “Experimentando o Aprendizado”, algo que pouco se usa na escola. Um dos aspectos, por exemplo, é usar realidade virtual e aumentada para engajar o aprendizado; outros envolvem usar a prática de robótica para ter noção de automação, aplicativos de aprendizagem e também o ensino de programação. Todas as habilidades dessa categoria, muito presentes no mercado de trabalho, são pouco utilizadas nas escolas.

Vale destacar também a categoria “Educação Internacional”, também bastante fraca nos currículos das escolas, pois o aprendizado de idiomas, principalmente o inglês, precisa ser melhorado. Suas habilidades contam com propostas de inovação no ensino e novas formas de avaliação do trabalho com idiomas.

Algumas habilidades destacadas na plataforma até aparecem na escola, como  “Recursos de Professores” da categoria “Apoio de aprendizado”. Muitas vezes, os professores e os alunos têm acesso a conteúdos on-line para facilitar o trabalho pedagógico e os estudos, disponíveis especialmente para quem perdeu aula. Existem também habilidades para oferecer aprendizagem e oportunidade de estágios, na categoria “Empregos e Habilidades”, uma vez que as vagas de estágios estão cada vez mais concorridas e esse programa mostra novas oportunidades para que mais alunos possam se preparar para o trabalho.

A plataforma aborda muitos outros assuntos em várias categorias. Para saber mais acesse o site do “Global Learning Landscape”.

Problemas de mobilidade dos alunos da UFMA

Nome: Sérgio Sampaio Cutrim
E-mail: sscutrim@gmail.com
Localização: São Luis – MA

Qual foi o seu desafio (ou do seu grupo)?
Trabalhei o tema da oficina como “Problemas de mobilidade dos alunos da Universidade Federal do Maranhão”. Foram organizadas 4 equipes com dois desafios relacionados problemas de mobilidade dos estudantes com ponto de origem suas residências e ponto de destino a Universidade e dois desafios envolvendo o problema da mobilidade interna, ou seja, envolvendo o transporte de estudantes entre os prédios e os campis da Universidade.

Como a equipe foi organizada (quem participou do processo)?
As equipes foram organizadas com os alunos participantes da disciplina de Logística do Curso de Administração da Universidade Federal do Maranhão. Tínhamos 22 alunos que foram organizados em 4 equipes.

Usou o material Design Thinking para Educadores? O que achou?
Sim. O material serviu como um norte para a utilização da abordagem de Design Thinking. Muito facilitador para quem não tem experiência.

Quais foram os resultados ou os aprendizados?
Foram criados quatro protótipos. Duas definiram desafios envolvendo soluções para a mobilidade dos estudantes com ponto de origem suas residências e ponto de destino a Universidade. Duas equipes apresentaram desafios envolvendo a mobilidade interna, ou seja, envolvendo o transporte de estudantes entre os prédios e os campis.
Os protótipos apresentados envolveram a reformulação das linhas de ônibus que são utilizadas pelos alunos, criação de linhas exclusivas para os alunos e reorganização dos pontos de ônibus.