DT e EJA

Nome: UIARA MOURA DOS SANTOS
E-mail: uyaramoura@yahoo.com.br
Localização: Salvador – BA

Qual foi o seu desafio (ou do seu grupo)?
Propor uma oficina que impactasse nas ações dos alunos fora da sala de aula e que fosse uma experiência inesquecível.

Como a equipe foi organizada (quem participou do processo)?
A oficina foi destinada a um grupo de alunos da Educação de Jovens e Adultos

Usou o material Design Thinking para Educadores? O que achou?
Fiz a leitura do material e adaptei para o público participante. O material é muito bom!

Quais foram os resultados ou os aprendizados?
Os resultados foram satisfatórios, uma vez que o feedback foi positivo. O aprendizado será levado para a vida toda. Foi muito além de reflexões: possibilitou ações.

DT e engajamento

Nome: Rafael Vasconcelos Cerqueira Oliveira
E-mail: vasconceloshis@gmail.com
Localização: São josé – SC

Qual foi o seu desafio (ou do seu grupo)?
Elaborar uma proposta de oficinas temáticas que fortaleçam a relação junto aos alunos e as tornem mais dinâmicas.

Como a equipe foi organizada (quem participou do processo)?
A ação foi desenvolvida junto a equipe com a qual trabalhei e coordenei a área de Ciências Humanas até o ano de 2015 – Serviço Social da Indústria – SESI – Salvador – BA – Unidade Educação de Jovens e Adultos

Usou o material Design Thinking para Educadores? O que achou?
Sim, com toda certeza e simplesmente fantástico o uso e como esse instrumento facilita o trabalho, promove o engajamento e o resultado final simplesmente nos brinda com apresentações sem igual.

Quais foram os resultados ou os aprendizados?
Engajamento, satisfação e desejo de inovar.

fatores que dificultam o aprendizado

Nome: Alessandra de Souza Avila kabke
E-mail: akabke@gmail.com
Localização: Pelotas – RS

Qual foi o seu desafio (ou do seu grupo)?
O maior desafio encontrado foi elencar elementos que demonstrem o que realmente está acontecendo dentro e fora da escola. existem inúmeros fatores e buscamos aqueles mais significativos para os integrantes do grupo.

Como a equipe foi organizada (quem participou do processo)?
A equipe se reuniu a fim de realizar a leitura do material e realizar as questões propostas. Foi realizada a leitura do material e a construção da atividade coletiva.

Usou o material Design Thinking para Educadores? O que achou?
Muito bom, pena que tivemos pouco tempo para explorá-lo melhor. Acredito que se tivesse mais tempo, poderia ser melhor aproveitado.

Quais foram os resultados ou os aprendizados?
Após a leitura do material, constatamos que ainda existem fatores que dificultam e muito o aprendizado dos alunos. Temos muita violência ao redor da escola, desvalorização dos professores(tanto profissional e salarial), desmotivação dos alunos. Não sabemos como os alunos enfrentarão o mercado de trabalho fora da escola.

DT e 100 alunos

Nome: GRAÇA SANTOS
E-mail: orientandoquemorienta@gmail.com
Localização: Rio de Janeiro – RJ

Qual foi o seu desafio (ou do seu grupo)?
Em grupos por afinidade… Na quadra do Colégio… Uau!!! Mais de 100 alunos… Um luxo de desafios!!!

Como a equipe foi organizada (quem participou do processo)?
O workshop foi realizado com alunos..

Usou o material Design Thinking para Educadores? O que achou?
sim

Quais foram os resultados ou os aprendizados?
Trabalho em equipe e muita empatia e criatividade na apresentação.

http://www.colegionsdores.com.br/2017/12/02/alunos-fazem-oficina-de-resolucao-de-conflitos/

https://www.facebook.com/maisgraca/media_set?set=a.1816235815066672.1073741878.100000408124704&type=3

 

Criando um curso

Nome: JClaudio Henrichs
E-mail: jchhrx@hotmail.com
Localização: Curitiba – PR

Qual foi o seu desafio (ou do seu grupo)?
Aqui no www.aisde.com criam-se cursos online na área do desenho instrucional e cursos de tecnologia para EAD. Ao conhecer o design thinking observamos uma grande oportunidade para criar um curso que conjugado ao design instrucional pudesse evoluir processos para EAD e assim criamos com sucesso o curso

Como a equipe foi organizada (quem participou do processo)?
a equipe leu o livro em inglês depois a tradução para português e com base nos conceitos criou com trilhas de aprendizagem o treinamento.

Usou o material Design Thinking para Educadores? O que achou?
achamos excelente o material, total sinergia com os princípios do desenho instrucional

Quais foram os resultados ou os aprendizados?
estamos iniciando as primeiras turmas mas o sucesso entre os alunos e empresas que atendemos ao lançar foi super interessante

"Tamo junto" na escola publica

Nome: Anderson Kubiaki
E-mail: 1potterson@gmail.com
Localização: Guaíba – RS

Qual foi o seu desafio (ou do seu grupo)?
Realização da primeira Imersão do Coletivo TamoJunto em uma escola pública, em três encontros ensinar os alunos a tirarem suas ideias do papel utilizando métodos do design thinking.

Como a equipe foi organizada (quem participou do processo)?
O projeto foi construído de forma colaborativa, a equipe se dividia em facilitadores (membros do coletivo) e fazedores (alunos e membros da comunidade).

Usou o material Design Thinking para Educadores? O que achou?
Sim, utilizamos as bases do Design Thinking para Educadores: Sentir, Imaginar, Fazer e Compartilhar, de forma muito satisfatória o material proporcionou experiências enriquecedoras.

Quais foram os resultados ou os aprendizados?
A Imersão proporcionou ações tanto na escola como na comunidade, como exemplo, um protótipo de lixeira para paradas de ônibus na cidade. Acreditamos em tirar ideias do papel, mudar a escola, fazer coisas iradas e que não precisamos esperar para isso acontecer.

Confira como foi nossa Imersão: https://vimeo.com/113565077
Facebook: /coletivotamojunto

Dispositivos móveis na sala de aula

Nome: Solange Giardino
E-mail: solange.giardino@gmail.com
Localização: São Paulo – SP

Qual foi o seu desafio (ou do seu grupo)?
Tenho participado de formação de professores para a utilização de dispositivos móveis na sala de aula e o desafio é instigar o professor a perceber o panorama da aula tradicional e suas consequências, tanto para eles como para os estudantes, criando uma atmosfera favorável à entrada dos iPads na sala de aula, aproveitando as potencialidades que ele oferece de propiciar o protagonismo do aluno e a descentralização do papel do professor.

Como a equipe foi organizada (quem participou do processo)?
Os professores foram divididos em grupos de 4, de forma que tivessem como parceiros os colegas de outras áreas e que atendem a faixas etárias diferentes.

Usou o material Design Thinking para Educadores? O que achou?
Sim e achei ótimo, pois mobiliza os professores a refletir sobra sua pra’tica de forma sutil e ao mesmo tempo poderosa.
O uso do mapa da empatia para o professor analisar como o estudante é, o que ele espera e suas dificuldades, complementa, de forma positiva, a visão que ele faz da sala de aula. É o fechamento e a complementação do eixo ensino X aprendizagem.

Quais foram os resultados ou os aprendizados?
Os resultados foram muito positivos e, ao final do uso do DT, o terreno estava fértil, e fizemos uso da metodologia blended learning “rotação por estações”, para apresentar aos professores alguns Apps de autoria que serão utilizados em sala der aula, após a elaboração de sequências didáticas por parte deles.

Aplicativo e novas ideias

Nome: Amanda Zilli
E-mail: amanda_zilli@hotmail.com
Localização: Londrina – PR

Qual foi o seu desafio (ou do seu grupo)?
O grupo tinha como desafio propor alternativas para a dinâmica da prática escolar no contexto da emergência de novas tecnologias digitais e interativas que alteraram o modo como os estudantes de relacionam com o conhecimento. O grupo deveria utilizar ferramentas disponibilizadas pelo Design Thinking.

Como a equipe foi organizada (quem participou do processo)?
Designers, artistas visuais, estudantes de licenciaturas e professores.

Usou o material Design Thinking para Educadores? O que achou?
Sim, o conteúdo disponibilizado pelo material foi indispensável para apresentar o processo para os participantes que ainda não conheciam e para direcionar as atividades.

Quais foram os resultados ou os aprendizados?
Um dos projetos foi a criação de um aplicativo para ‘conectar’ professores, alunos e conteúdos programáticos. O outro, foi uma ideia para a flexibilização ou adequação do currículo para que os alunos tenham horários disponíveis para projetos na sua área de interesse. A troca de experiências entre o grupo composto por designers, artistas visuais, estudantes e professores resultou em projetos com uma visão mais abrangente.

DT e vários desafios

Nome: Thiago Reginaldo
E-mail: th.reginaldo@gmail.com
Localização: Florianópolis – SC

Qual foi o seu desafio (ou do seu grupo)?
Foram elaborados os seguintes desafios pelas equipes de trabalho:

1) Como podemos estimular o professor a ser um sujeito mais cooperativo e criativo, inspirador e empoderado, capaz de compartilhar e vivenciar coletivamente novas experiências

2) Como podemos estimular o ecossistema comunicativo da comunidade escolar de modo a promover uma postura mais cocriativa e participativa na aprendizagem?

3) Como podemos incentivar o protagonismo social a partir do gestor escolar de modo que o ambiente educacional seja mais sustentável?

4) Como podemos estimular a proatividade do estudante de modo a torna-lo corresponsável pelo gerenciamento do conhecimento?

Como a equipe foi organizada (quem participou do processo)?
A oficina contou com 19 participantes dentre professores da Educação Básica e Superior, Gestores Escolares, Designers e Arquitetos. Foram montadas quatro equipes de trabalho que elaboraram seus desafios e prototiparam suas ideias.

Usou o material Design Thinking para Educadores? O que achou?
O material Design Thinking para Educadores foi utilizado na oficina e conduziu todas as etapas do processo. A parte teórica do documento e as sugestões de atividades e ferramentas foram fundamentais na organização e planejamento dos trabalhos.

Quais foram os resultados ou os aprendizados?
Os participantes puderam compreender de maneira teórico-prática todas as etapas do material Design Thinking para Educadores. Eles puderam perceber que são fundamentais empatia, colaboração e experimentação. Nisso, geraram o desafio sem colocar a frente ideias já preconcebidas e consideraram os sujeitos, as ações e o propósito da problematização. Os participantes puderam ver aplicações para suas rotinas de trabalho e vida.

Ajudando o Rodolfo

Nome: Marcelle Bonetti
E-mail: marcellebonettifernando@gmail.com
Localização: São Paulo – SP

Qual foi o seu desafio (ou do seu grupo)?
Trabalhamos em sala de aula com o livro A oficina das borboletas e nosso desafio foi ajudar um dos personagens: Como podemos fazer para que os amigos não riam de Rodolfo?

Como a equipe foi organizada (quem participou do processo)?
Trabalhei com meus alunos de 4o ano, 30 crianças entre 8 e 9 anos.

Usou o material Design Thinking para Educadores? O que achou?
Sim, utilizei as etapas que aprendi no curso e foi muito positivo.

Quais foram os resultados ou os aprendizados?
Os alunos envolveram-se bastante em todas as fases da atividade, conseguiram ser empáticas com o personagem e uns com os outros e iniciaram um processo de fortalecimento dos laços no grupo da sala de aula.